fbpx

Formas de pagamento na internet: qual é o melhor para o meu e-commerce?

Que gerenciar um e-commerce é uma boa opção de investimento, todos já sabemos. As vendas não param, demonstrando que o povo gosta mesmo de consumir. De acordo com o relatório Webshoppers, em 2017, o volume de compras online cresceu 3,9%, comparado aos anos anteriores.

Todavia, para o sucesso da loja online, é necessário que o comerciante invista em práticas que levem ao aumento da taxa de conversão. Uma delas é incluir várias formas de pagamento na internet, a fim de atender e agradar a uma diversidade de consumidores.

Conheça 5 tipos desses pagamentos, que você pode colocar no seu comércio, além de suas vantagens e desvantagens!

As 5 formas de pagamento na internet que mais fazem sucesso

Num universo de necessidades diferentes, é importante buscar suprir o que seus clientes precisam, para que você não perca suas vendas.

1. Boleto bancário

Essa não é a preferência da maioria. No entanto, ainda existem muitos consumidores que optam por ela. Tal forma contenta aqueles que não têm cartão de crédito ou que têm algum receio de deixar dados bancários nos sites.

As vantagens são que possibilita ao cliente maior controle sobre seus gastos, além de várias alternativas para o pagamento, como caixas automáticos ou aplicativos do próprio banco. Para o comerciante, as desvantagens são a demora no recebimento do valor, que pode demorar até cinco dias, além da taxa cobrada pela instituição cedente.

2. Transferência online

Essa alternativa é uma simples transferência entre contas e pode abranger, também, as mesmas pessoas citadas acima, pois o processo será feito pelo internet banking do cliente. A vantagem é que o pagamento cai na conta da empresa no mesmo momento, ou, no máximo, um dia depois, no caso do DOC. A desvantagem é a falta de praticidade, ao redirecionar o cliente a outra página.

3. Gateway ou intermediador

Gateways e intermediadores são softwares que fazem toda a interação na hora de receber o pagamento. Uma diferença entre eles é que o primeiro repassa ao comerciante o valor de acordo com o pagamento do cliente. Então, se ele fez uma compra em parcelas, será passada à loja uma fatia da quantia a cada mês. Já o segundo passa o valor todo de uma vez.

Uma das vantagens de ambos é que eles ficam responsáveis pela certificação da idoneidade do comprador. Assim, mesmo que não haja pagamento, eles assumem o risco e repassam a quantia ao e-commerce. Uma desvantagem é referente às taxas cobradas por cada deles, que diferem de acordo com a empresa.

4. Cartão de crédito

Opção de muitos dos compradores, essa é realmente a que mais faz sucesso, o que possibilita atender muitas pessoas de uma só vez. Uma vantagem é que facilita a forma de pagar, pois o consumidor pode dividir sua compra em várias parcelas. A desvantagem fica por conta da dificuldade de selecionar as bandeiras que vão ser aceitas.

5. Cartão de débito

Assim como a transferência online, nessa forma, o pagamento entra diretamente na conta e esse seria justamente o ponto mais positivo. Já o lado ruim é que algumas instituições cobram taxas altas dos comerciantes, o que pode acabar não sendo tão compensador.

Além de investir nas melhores formas de pagamento na internet e, assim, atrair mais usuários, é necessário pensar na segurança do site ou da plataforma, para que não haja problemas com roubos de dados pessoais e bancários ou outro tipo de fraude. Isso atrapalharia a experiência do consumidor e diminuiria sua confiança na loja, afetando negativamente os resultados do negócio.

Continue acompanhando nossas dicas para aumentar o sucesso da sua loja e saiba, na próxima leitura, como melhorar as taxas de conversão.

Open chat